Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

scriptorium

"Tal como surgiu diante dos meus olhos, a esta hora meridiana, fez-me a impressão de uma alegre oficina da sabedoria." (Umberto Eco, O Nome da Rosa)



Quarta-feira, 05.07.23

LEITURA

A LEITORA - RENOIR.jpegPierre August Renoir

Nós, os que a olhamos, vemos, na paisagem literária de hoje, os iludidos morituri de um pseudoconsumo desgastante. A ciência dos floricultores da leitura é uma superficialíssima quimera ausente do que a tornaria sustentável: o respeito pelas raízes e pela sua contemplação. Toda a gente sabe que as flores são mais voláteis do que as raízes. Mas os floricultores da leitura esquecem-no. Não fazem perguntas difíceis. Não esperam o tempo necessário pelas respostas. Em plena era de maravilhamento tecnológico, pode um leitor mergulhar com o maior dos entusiasmos, com a maior das aberturas, com o mais intenso regalo, na leitura de uma folha de um romance antigo, amarelecida e ratada, que encontrou a forrar a gaveta da cómoda antiga da casa herdada? Pode. O mapa das leituras de cada um só se faz depois. Depois de ter lido. Nunca está fechado. A leitura tem a qualidade de se poder furtar às formatações e aos conselhos produzidos por espíritos ingénuos, levianos ou vendedores, que intentam fabricar a fortuna dos livros, ignorantes de que o desejo do leitor é o ladrão de qualquer estratégia pré-fabricada. Em leitura, o valor das contagens permanece órfão da individualidade irredutível de cada leitor. Em leitura, não há soma. Há cada um. Diferente. Falar de muitos, falar de todos, de maiorias e de minorias, é apenas usar um filtro modificador do real. Assim, como um carro último modelo passa a grande velocidade na estrada ladeante de uma courela em que um bicharoco rói regaladamente a ternura verde de uma folha aveludada, assim os últimos modelos de apuradas contagens dos universos da leitura preenchem velozmente apresentações de PowerPoint, enquanto cada leitor rói a sua folha.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Maria Almira Soares às 11:37



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Julho 2023

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031