Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

scriptorium

"Tal como surgiu diante dos meus olhos, a esta hora meridiana, fez-me a impressão de uma alegre oficina da sabedoria." (Umberto Eco, O Nome da Rosa)


Segunda-feira, 08.09.14

QUANDO A LEITURA SE ESGOTA E A LEITORA SUBSTITUI A ESCRITORA...

Por mais prolífero que seja um escritor e por mais insistente que seja um leitor, um dia vem em que, lidos e relidos os livros, chegado ao fim o fio de tanta leitura e impossibilitada a capacidade vital do autor criar novidades, o leitor pensa em tornar-se autor substituto: ‘se a tanto o ajudar o engenho e a arte’. Vamos ver se é o caso (o caso de ter engenho e arte) de Sophie Hannah, a leitora de Agatha Christie que, assim, se irá tornar uma espécie de escritora-fantasma-póstuma de uma história de Hercule Poirot não-christiana. Chama-se ela, a história, à boa maneira da grande criadora do inconfundível detetive, Os Crimes do Monograma (Asa) e vai ter lançamento simultâneo em todo o mundo, a 9 de Setembro. 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Maria Almira Soares às 15:18


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Novembro 2018

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930